Blogue

A crise de refugiados começou em Portugal

main

Blogue

A crise de refugiados começou em Portugal

Partilhar

image

Em Março de 2003, Durão Barroso (à altura,  primeiro-ministro do governo de coligação PSD/PP) servia de mordomo recebendo na Base das Lajes, nos Açores, os líderes Bush, Blair e Aznar, para lançarem o derradeiro ultimato ao governo iraquiano, acusado de ter armas de destruição massiva, que daria início à invasão. Hoje o Médio Oriente é palco da catástrofe aí iniciada e a Europa começa a sentir os seus efeitos. Mas quem mais sofre são as pessoas que lá vivem ou que de lá fogem diariamente, morrendo nas suas casas ou no caminho para uma Europa que os trata, novamente, como peões sub-humanos dos jogos dos Senhores da Guerra, dos traficantes e dos xenófobos nas comunidades de acolhimento deste lado da fortaleza. Fomos nós que começámos. Cabe-nos, pelo menos, remediar. Receber todxs xs que buscam um porto seguro e intervir no local com forças de pacificação são o mínimo. Construir mais muros é pura estupidez!

Deixar uma comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.